Uma reivindicação do Poder Legislativo junto ao Executivo Municipal ampliou de R$ 26 mil para R$ 40 mil o valor do auxílio financeiro repassado às associações de estudantes de Lajeado e Soledade. Ainda, por meio do ofício 013/2022, o Legislativo busca mais R$ 10 mil para contemplar ambas as associações de acordo com o número de alunos do município que frequenta cada uma das universidades, sendo que cinco vão para Soledade e 25 para Lajeado.

Durante a sessão ordinária realizada na terça-feira, a presidente do Legislativo, Marina De Col Bertuol explanou: “Conversei com o prefeito nesta semana e pedi se eu poderia fazer a indicação de um valor de R$ 10 mil da Câmara de Vereadores para beneficiar as associações e ele então optou por ampliar o repasse para R$ 40 mil. Perguntei ainda se ele faria um Projeto de Lei para complementar o valor de R$ 10 mil indicados pelo Legislativo a fim de poder dar um conforto financeiro melhor aos que estudam e ele acatou. Por isso, vou fazer essa indicação e um ofício ao prefeito, para que repasse para a associação de Lajeado mais R$ 8 mil e mais R$ 2 mil para a de Soledade. Acho que temos que valorizar muito principalmente aqueles que estudam e ficam no município”, disse.

A secretária da diretoria da Associação de Estudantes de Lajeado, Caroline Asolini, fala sobre a importância do repasse. “Nos sentimos valorizados porque como todo mundo sabe os custos aumentaram muito, as universidades particulares estão muito caras e quem está aqui ainda é porque realmente quer ficar no município. É um incentivo muito importante, pois muita gente foi embora para estudar e poucos voltaram”, disse.

“Inclusive se para os próximos anos for possível que sejam revistos esses valores, ficaremos muito contentes. Acredito que os alunos que entrarão na associação e tem o pretexto de ficar no município, se sentirão muitos valorizados”, salientou ao agradecer a vereadora Marina pelo empenho em conseguir os R$ 10 mil. “Vai fazer bastante diferença”, frisou.

Já a presidente da Associação dos Estudantes de Soledade, Talita Zarbielli, destacou: “Esse valor a mais faz a diferença e ficamos felizes pelo fato de os vereadores terem conseguido mais esses R$ 2 mil para a nossa associação. O que não nos deixa nada contentes é que o valor que o prefeito nos deu. Normalmente recebíamos R$ 20 mil nos outros anos, o que dava para cobrir quase todos os custos com transporte, e nesse ano não vai dar para cobrir quase nada. Como somos em poucos alunos, mais alto é o custo. Ainda, neste ano, teremos que nos deslocar até Ilópolis de carro nesse ano para pegar o transporte e ir até Soledade, então o custo vai ser maior ainda”, lamenta. “A redução do repasse do valor desmotiva até outros alunos que gostariam de cursar o Ensino Superior, afinal o transporte é muito caro. Está valendo mais a pena ir para Lajeado do que para Soledade”, considera.

Representantes das associações participaram da sessão realizada na terça-feira, 15 e acompanharam a votação dos projetos

Representantes das associações participaram da sessão realizada na terça-feira, 15 e acompanharam a votação dos projetos

Desenvolvido por: RV Digital